Lateral Fabio Santos deve deixar o Cruz Azul

622_e50a4900-2e84-3ba0-8b94-425f18b0b6f2

O lateral Fábio Santos, que deixou o Corinthians em junho desse ano e acertou a transferência para o Cruz Azul do México, deve respirar novos ares no ano que vem.

Apesar de ter chegado ao clube a menos de seis meses e ser apontado pela imprensa e torcedores como a melhorar contratação do ano, o jogador não deve fazer uma nova temporada pela “Máquina”, como é conhecido o time mexicano. Isso se dá, segundo informações, devido as “diferenças” que ele tem com o novo técnico da equipe, Tomás Boy.

De acordo com a imprensa Mexicana, “Jefe” Boy, como é chamado, não gosta do estilo de jogo do jogador brasileiro. Nos poucos meses de casa, o novo treinador vem deixando claro a diretoria que a atual equipe é lenta e que pretende buscar jogadores mais velozes, principalmente para compor as laterais.

A chegada do novo treinador, diante de uma péssima campanha no ano, foi cercada de polêmica. Isso porque, Jefe já tinha problemas anteriores com alguns jogadores do elenco, como Cristian “Chaco” Giménez e Geraldo Torrado, devido uma briga generalizada ocorrida em um jogo de 2011 (https://www.youtube.com/watch?v=oCu4IKwZDzE). Na ocasião, o então treinador do Morelia agrediu membros da comissão técnica do Cruz Azul.

No Corinthians, o lateral Fabio Santos conquistou a Taça Libertadores e o Mundial de 2012, um Brasileirão (2011), um Paulistão (2013) e uma Recopa Sul-Americana (2013). Em 214 jogos, marcou 14 gols. Vale lembrar que o Corinthians não tinha a intenção de renovar o vínculo com Fábio Santos e o jogador viu no Cruz Azul a oportunidade de fazer algum dinheiro.  O contrato o com o clube mexicano é válido por duas temporadas.

Corinthians será o 2º ou 3º ‘cabeça’ da Libertadores

Alessandro-Copa-Libertadores-Foto-Ferreira_LANIMA20120705_0015_26-e1355176499945

Com o intuito de oferecer um torneio “ainda mais emocionante”, o presidente  da Conmebol, Juan Angel Napout, anunciou, há cerca de 10 dias, uma série de mudanças na Taça Libertadores da América.  Entre os principais pontos de alteração está a definição dos cabeças de chave da competição a partir de um ranking de clubes, atitude que será tomada já para a disputa de 2016.

Diante da falta de detalhes a respeito, uma grande expectativa se instalou entres os torcedores dos clubes da América do Sul para saber quais serão os times que “abrirão” os oito grupos. Informações ainda não oficias obtidas pelo blog dão conta que, em um primeiro momento, a lista sul-americana seguirá o Ranking internacional da FIFA.

Se isso se confirmar, o Corinthians, já classificado para o torneio em virtude da conquista do hexacampeonato Brasileiro, seria um dos cabeças de chave. Isso porque, segundo levantamento feito pelos Bastidores SCCP, o time brasileiro (atual 11º no ranking) é o terceiro sul-americano melhor colocado, perdendo apenas para o Internacional de Porto Alegre – sétimo no geral e 1º entre as equipes do continente – e o River Plate, que é o segundo melhor colocado e o nono do Mundo.

Caso as regras sejam realmente confirmadas, a equipe do Parque São Jorge deve liderar o grupo 2 ou 3 da competição, dependendo da última rodada do Brasileirão. Isso porque, enquanto a equipe argentina já está classificada por ter sido campeã da Libertadores desse ano,  o Inter ainda não está garantido. A equipe gaúcha disputa diretamente com o São Paulo a última vaga. Faltando apenas uma rodada, o Inter está a dois pontos do rival corintiano. Caso a classificação são-paulina se confirme após o fim do brasileiro e a disputa da Pré-Libertadores, a equipe do Morumbi ficaria com a liderança do grupo 3, já que ocupa a 13ª posição no Ranking mundial, sendo o quarto melhor colocado entre os sul-americanos. O Corinthians, então, seria o cabeça de chave do grupo 2.

Com 25 das 38 equipes já classificadas para o torneio até agora, a libertadores de 2016 deve ter, em sua maioria, times argentinos e brasileiros liderando os oito grupos. A exceção pode ser um time colombiano.  Além dos times citados anteriormente, aparecem entre os melhores do mundo no ranking da FIFA: Santos (21º); Atlético Mineiro (31º); Cruzeiro (36º); Grêmio (37º); Santa Fé (39°); Boca Juniors (42°); e Palmeiras (46°).

Desta lista, Atlético Mineiro e Grêmio e Boca Juniors já garantiram participação na Libertadores de 2016. Enquanto isso, Santos e Palmeiras disputam uma vaga direta pela Copa do Brasil, e o Santa-Fé entrará se ganhar a Sul-Americana ou o campeonato da Colômbia. O Cruzeiro está fora.

Segue abaixo como está, até o momento, a disputa em cada país pela classificação à Libertadores:

Argentina

Cinco das seis vagas já estão definidas. Na fase de grupos, além do atual campeão River Plate, estão classificados Boca Juniors e San Lorenzo, os dois primeiros do campeonato, e o Rosario Central, finalista da Copa Argentina. O Huracán entra na primeira fase, como melhor argentino na Copa Sul-Americana.

A outra vaga na etapa pré-grupos será decidida entre Independiente e Racing, finalistas do torneio seletivo. O Racing venceu o primeiro jogo, fora de casa, por 2 a 0.

BOLÍVIA

Vencedor do Apertura 2014 e do Clausura 2015, o Bolívar entra na fase de grupos. The Strongest, pela pontuação geral da temporada, tem a outra vaga direta. Também pela campanha nos dois torneios, o Oriente Petrolero joga a primeira fase.

BRASIL

As quatro vagas diretas são dos três primeiros colocados do Brasileirão e do campeão da Copa do Brasil. Além do campeão Corinthians (80 pontos), estão garantidos na fase de grupos Atlético Mineiro (66) e Grêmio (65). A Copa do Brasil será definida na quarta-feira entre Palmeiras e Santos. No jogo de ida, o Santos venceu em casa por 1 a 0.

A vaga na primeira fase está entre São Paulo (59 pontos) e Internacional (57). O São Paulo visita o Goiás na última rodada e só depende do próprio resultado. O Internacional recebe o Cruzeiro. Empate deve bastar ao São Paulo, já que o Inter precisaria vencer por sete gols de diferença neste caso.

CHILE

O Cobresal, campeão do Clausura 2015, tem vaga direta. O vencedor do Apertura irá aos grupos.

O título será definido na última rodada, no próximo fim de semana, entre Colo Colo (33 pontos) e Universidad Católica (32). O Colo Colo visita o Santiago Wanderers, enquanto a Católica vai ao campo do Audax Italiano. Se houver empate em pontos, haverá um jogo extra.

A vaga na primeira fase pertence ao campeão da Copa Chile, que será decidida por Universidad de Chile e Colo Colo. Se o Colo Colo vencer campeonato e copa, “La U” está automaticamente classificada como finalista.

COLÔMBIA

Vencedor do Apertura, o Deportivo Cali estará nos grupos. Também terá vaga direta o campeão do Finalización, que está na fase dos mata-matas. As quartas-de-final têm Deportivo Cali x Atlético Nacional (ida 0x0), Santa Fe x Junior de Barranquilla (2×1), Once Caldas x Tolima (1×0) e Alianza Petrolera x Independiente Medellín (0x2). A decisão do título será em 22 de dezembro.

A melhor pontuação do ano dá uma vaga na primeira fase (ou na fase de grupos, se o Cali vencer os dois torneios). Porém, esta última vaga pode ser tomada pelo Santa Fe caso o time vença a Copa Sul-Americana e não conquiste o Finalización. Neste momento, a classificação anual tem liderança do Independiente Medellín (84 pontos), com o Atlético Nacional três pontos atrás.

EQUADOR

Campeão e vice irão à fase de grupos. A LDU de Quito venceu a primeira etapa do campeonato, portanto está na final e tem uma destas vagas.

Na segunda etapa, faltando três rodadas, a liderança é dividida por Emelec, LDU de Quito e Universidad Católica, todos com 36 pontos.

A melhor pontuação entre os não-finalistas garante vaga na primeira fase – ou na fase de grupos, caso a LDU vença também a segunda etapa e conquiste o título automaticamente. Nesta hipótese, outra vaga seria aberta pela pontuação anual.

Com 81 pontos no total, o Emelec tem oito pontos de vantagem sobre o Independiente del Valle e só precisa de mais dois pontos para garantir no mínimo a vaga na fase eliminatória.

MÉXICO

Duas vagas diretas cabem aos melhores da fase de classificação do Apertura entre os times que não disputam a Champions League da Concacaf 2015/16: Pumas e Toluca. O Puebla, via Supercopa, jogará a primeira fase.

PARAGUAI

O Cerro Porteño está classificado como campeão do Apertura, e terá a companhia do vencedor do Clausura nos grupos. O Guaraní já garantiu no mínimo a vaga na primeira fase, por causa da pontuação anual (86).

O Olimpia entrará na última rodada do Clausura como líder, com 43 pontos, e confirma o título se vencer o Deportivo Santani. O Cerro Porteño tem 41 e visita o Sol de América. Se houver empate em pontos na liderança, haverá um jogo extra.

Caso o Cerro Porteño leve também o Clausura, o Guaraní entra direto na fase de grupos e a vaga na primeira fase fica para o melhor time a seguir na pontuação anual. O Olimpia tem três pontos a mais que o Libertad, que ainda pode forçar uma partida desempate.

PERU

Os dois finalistas do campeonato terão vagas diretas, e o terceiro colocado (determinado em um confronto entre os perdedores das semifinais) entra na primeira fase.

Sporting Cristal, César Vallejo, Real Garcilaso e Melgar são os quatro semifinalistas. Os confrontos serão definidos por sorteio.

URUGUAI

Nacional e Peñarol, campeão e vice da temporada 2014/15, entram nos grupos. ORiver Plate jogará a primeira fase pela pontuação geral.

VENEZUELA

Começam na fase de grupos Deportivo Táchira, campeão de 2014/15, e Trujillanos, segundo colocado. Com a melhor campanha entre as demais equipes, o Caracascomeça na fase prévia.

 

 

Mano Menezes pede contratação de volante do Corinthians

o_20140925202414_bruno_henrique_quer_fim_da_irregularidade_e_mira_volta_ao_g4

Enquanto tenta chegar a um acordo com o volante Ralf, o Corinthians vê outro volante da equipe sendo cogitado a deixar o Parque São Jorge.

Informações divulgadas pela Rádio Itatiaia, de Belo Horizonte, garantem o interesse do Cruzeiro em Bruno Henrique, titular em grande parte da campanha do hexacampeonato. O jogador é um desejo pessoal de Mano Menezes, que o treinou no Parque São Jorge.

De acordo com a imprensa mineira, o clube de Belo Horizonte já tem uma estratégia pronta para janeiro e pretende usar Lucca para convencer o Corinthians a liberar o volante. Contratado em setembro pela equipe paulista, o atacante estava no Criciúma, que detém 65% dos direitos econômicos. Os outros 35%, porém, pertencem justamente ao Cruzeiro.

Por contrato, para manter Lucca, de 25 anos, o Corinthians somente é obrigado a pagar R$ 9 milhões ao Tigre, no final de maio do ano que vem, quando se encerra o empréstimo. Porém, as grandes atuações, com dois gols decisivos em dois jogos que ajudaram a  confirmar o título brasileiro do Corinthians, alçaram rapidamente o atacante à condição de talismã e abriram os olhos da diretoria para faturar ainda mais, no futuro, em uma possível transferência para o exterior.

Diante desse cenário, a intenção do Cruzeiro é oferecer a sua parte no jogador em troca de Bruno Henrique.  Vale lembrar que o Corinthians tem apenas 50% dos direitos do volante, adquirido do Londrina, por R$ 1,5 milhão. Os outros 50% pertencem a um grupo de empresários.

Já Lucca virou o queridinho da torcida corinthiana depois de um golaço de voleio contra o Atlético-MG e do gol que deu a vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba. O jogador  esteve perto de defender o rival São Paulo em 2013. Com autorização do Criciúma, ele chegou a realizar exames médicos no clube do Morumbi, mas as negociações fracassaram.

A equipe catarinense pedia jogadores em troca por empréstimo para liberar o atacante. Dos nomes oferecidos, apenas o jovem João Schmidt interessava ao Tigre. Foi então que o Cruzeiro agiu rápido, cedeu quatro jogadores e venceu a disputa. Na época, Lucca se recuperava de cirurgia no joelho. Naquele momento e depois que ele deixou o Cruzeiro, o Santos também demonstrou interesse em contratar o atacante, mas nunca esteve perto de conseguir.

No começo desta temporada o atacante renovou o seu contrato com o Criciúma até o fim de 2017.

 

Volante Gustavo Vieira é exaltado no exterior

gustavo-agustin-viera-28-08-95-_472_573_1307523

No início do ano, uma dívida com o ex-zagueiro Gamarra quase atrapalhou a permanência no Corinthians. Entretanto,  problemas burocráticos resolvidos, o volante paraguaio Gustavo Vieira, revelado pelo Rubio Ñú  e titular da seleção de base do Paraguai, voltou a ser um dos grandes destaques da base corintiana, atuando como titular durante a campanha campeã  do Campeonato Paulista Sub-20, encerrada neste sábado.

As boas atuações vem deixando orgulhosa a diretoria do ex-clube. Em entrevista, Rubén Martín Ruiz Díaz Romero, presidente do Rubio Ñú, não escondeu a satisfação com o desempenho do atleta. “Gustavo é um orgulho do nosso clube”, afirmou ele, ressaltando o crescimento e os títulos que “Vierita”, como é chamado carinhosamente no Paraguai.  “No ano passado ele já havia dado a volta olímpica na categoria juvenil”.

Tido como uma das principais promessas do Paraguai, o volante, que atua também como meia-atacante, chamou a atenção do Corinthians ao ajudar  o Paraguai a levar o vice-campeonato do Sul-Americano Sub-20 de 2013, na Argentina. Os paraguaios foram derrotados pela Colômbia na final. As boas atuações do volante  chamaram a atenção do Benfica, de Portugal, que chegou a oferecer 1 milhão de euros para contratá-lo. As negociações com os portugueses, no entanto, não avançaram e o jogador acabou contratado pelo Corinthians.

Após um início promissor no país, o jogador ficou, por meses, desaparecido das divisões de base do clube. Isso porque, o Corinthians deixou de pagar ao clube paraguaio uma parcela de aproximadamente US$ 100 mil, por conta da aquisição dos direitos econômicos. Irritado, Gamarra determinou que Viera não se reapresentaria ao Corinthians até que a quantia fosse paga. Problemas resolvidos, o jogador retornou ao clube e, hoje, é visto como um dos mais promissores atletas da base.

Gustavo Agustin Viera Velásquez nasceu em 28 de agosto de 1995, em Assunção (PAR). Com  1,71 cm de altura, fez, até agora, apenas uma partida com a equipe profissional.

 

 

Campeão mundial pelo Corinthians acerta com time da Serie A

chicao-corinthians-vibra-63

O jogador Chicão, segundo zagueiro que mais marcou gols na história do Corinthians, está de volta ao futebol brasileiro.

Segundo informações exclusivas colhidas pelo Bastidores SCCP, o campeão da Libertadores e Mundial pelo clube do Parque São Jorge acertou todas as bases com a Ponte Preta e jogará com a camisa da Macaca em 2016.

A diretoria da equipe campineira somente aguarda o fim do Campeonato Brasileiro para anunciar o novo xerife como o primeiro reforço para a próxima temporada. Sem mais pretensões na disputa desse ano, nesse sábado, a equipe fez o seu penúltimo jogo na competição e perdeu para o desesperado Avaí, por 1 a 0.

Jogando, atualmente, no futebol da Índia, no Dehli Dynamos – time dirigido pelo lateral Roberto Carlos – Chicão tem 34 anos e, há alguns meses, já dava mostras de não estar satisfeito com o amadorismo do futebol daquele país.

O zagueiro começou sua carreira no Mogi Mirim, passou pela Portuguesa Santista, América, Juventude e Figueirense. Foi contratado pelo Corinthians em 2008, para a disputa da série B do Brasileiro, sendo um dos destaques da competição. Além do título naquele ano, foi campeão Paulista e da Copa do Brasil, em 2009, e campeão do Brasileirão de 2011. Por fim, foi titular em toda a campanha que culminou no título da Taça Libertadores da América e no Mundial de Clubes, ambos em 2012.

Chicão disputou 247 jogos pelo time paulista e marcou 42 gols.

 

 

Exclusivo: Corinthians faz proposta por lateral colombiano

frank-fabra-seleccion-colombia-antena-2-boca

O campeonato brasileiro ainda não acabou, mas o Corinthians já busca reforçar o time hexacampeão. Segundo informações exclusivas obtidas pelo Bastidores SCCP, o clube do Parque São Jorge entrou de vez na briga pelo lateral esquerdo colombiano Frank Fabra, com uma proposta sendo enviada na manhã de hoje.

O jogador, de 24 anos, joga atualmente no Independente de Medellin. Antes, atuou pelo Envigado e pelo Deportivo Cali, ambos do seu país. Ele soma, também, 18 jogos com a camisa de seleção do seu país. A primeira convocação ocorreu esse ano, sendo apontado como o melhor em campo na vitória de 2 a 0 contra o Peru, nas eliminatórias para a Copa do Mundo.

Apesar da proposta, o Corinthians disputa o jogador com outro gigante do futebol sul-americano, o argentino Boca Juniors, que, inclusive, já teria um acordo salarial com o jogador. A proposta corintiana, porém, teria agradado mais o clube.

Em breve, mais informações…

 

Torino agradece Corinthians por nova camisa em sua homenagem

Retro_TorinoNão é de hoje que o Corinthians mantém uma boa relação com o Torino, da Itália. Apesar de muitos lembrarem da camisa vinho lançada, em 2011, pelo clube brasileiro, que obteve grande sucesso de vendas, a relação de amizade  teve início muito antes, em 1914.
O clube italiano foi o primeiro rival estrangeiro que o Alvinegro enfrentou. Naquele ano, os visitantes venceram dois amistosos (3 a 0 e 2 a 1). Porém, o estreitamento entre as partes de deu após uma tragédia. Um fatídico acidente de avião, em 1949, matou todo o elenco do então tetracampeão da Itália e líder folgado do torneio de 48/49. Quatro dias depois, o Corinthians deixou o preto e branco de lado e enfrentou a Portuguesa, pelo Campeonato Paulista, com um uniforme grená, com o scudetto no peito.
Para marcar mais uma vez esse momento na história, o clube paulista prepara o lançamento de mais camisa em homenagem a equipe italiana. Projetada apenas para os torcedores e colecionadores, ela não será usada, em um primeiro momento, pelo Corinthians em jogos oficiais, porém, a expectativa é que repita o sucesso de vendas. Atualmente, a camisa só pode ser encontrada na loja localizada dentro da Arena Corinthians. Não há informações sobre venda pela internet.
Mais essa atitude do clube hexacampeão brasileiro rendeu um agradecimento oficial dos italianos. Com um sonoro “Grazie Corinthians”, o clube lembrou em seu site – e também por meio de sua conta no Facebook – um pouco da história que une as duas agremiações.

Pato será do Arsenal por 25 milhões de euros

Alexandre Pato durante apresentação no Corinthians, no CT Joaquim Grava, em São Paulo, SP Foto:Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Alexandre Pato durante apresentação no Corinthians, no CT Joaquim Grava, em São Paulo.

Nada é ou será confirmado oficialmente pelo Corinthians (pelo menos nesse momento), porém, nos bastidores do Parque São Jorge o alívio é nítido e a euforia tomou conta da diretoria. Após consultas por parte do Tottenham e Everton, o clube recebeu e aceitou uma proposta de 25 milhões de euros do Arsenal pelo atacante Alexandre Pato, que  se juntará ao clube inglês em janeiro.

O gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar esteve na Inglaterra dias antes do hexacampeonato, o lado do amigo Fernando Yamada, ex-goleiro do Timão. Oficialmente, a dupla foi apenas para um período de observações e aprendizado. Porém, o ex-volante aproveitou a viagem para visitar o Arsenal, clube que defendeu entre 2001 e 2005, e conversar com o técnico Arséne Wenger, dando sua palavra sobre as boas condições físicas e técnicas de Pato, algo muito discutido na Europa, após uma passagem marcada por muitas contusões pelo Milan, da Itália.

Do montante total, tirando os custos de comissões porcentagens de agentes, restará 19 milhões de euros, ou seja, na cotação atual, por volta de R$ 75 milhões, do qual, 60% (45 milhões de reais) irá para os cofres do clube, enquanto o atacante embolsará 40%.

A quantia que ficará no clube supera os valores pagos pela transferência, em janeiro de 2013. Na oportunidade, o Corinthians comprou o atacante do Milan por R$ 40 milhões e cedeu 40% do passe ao jogador. A venda é vista como um presente antecipado de Natal, já que muitos dentro do clube já contabilizavam os milhões que seriam perdidos com o fim do contrato do jogador, em dezembro de 2016.

 

Lateral do Corinthians pode desembarcar em Madrid

Arana durante um treino no Corinthians

Arana durante um treino no Corinthians

Apesar de ainda não conseguir se firmar como titular absoluto do Corinthians, em virtude das seguidas lesões, o lateral esquerdo Guilherme Arana está chamando a atenção do Atlético de Madrid.

Informações de fontes espanholas apontam que o clube madrilenho tentará a contratação do jovem corintiano já na janela de transferência de janeiro. Os primeiros contatos entre as partes já teriam começado, mas o estafe do atleta teria pedido aos espanhóis para que as negociações somente avançassem ao término do campeonato brasileiro.

Além de Arana, o Atlético estaria de olho em outro lateral promissor da América do Sul. Informações dão conta que os espanhóis monitoram de perto a situação de Giovani Lo Celso, que joga pelo Rosário Central, da Argentina.

Guilherme Arana tem nove jogos pelo Corinthians nesse campeonato brasileiro e marcou um gol. O lateral retornou recentemente ao clube, depois de três jogos pelo Atlético-PR. Ele estava emprestado ao Rubro-Negro até o final do ano, mas, por conta da saída de Fábio Santos para o Cruz Azul, do México, precisou retornar ao Timão a pedido da comissão técnica alvinegra. No clube paulista, ele disputa a posição com Uendel, que está machucado.